Home    Informações    ANUNCIE AQUI    Forum  

Bully

Bully para os amigos, é o novo jogo da controversa Rockstar. Um jogo que antes sequer das primeiras imagens irem a público, já tinha um monte de processos em
cima. Sem qualquer razão pois é capaz de ser o jogo mais moralmente correto da Rockstar, sem contar com Table Tennis. O jogo, com uma mecânica inspirada em GTA, conta-nos a história de um rapaz chamado Jimmy Hopkins cuja mãe o deixa num colégio interno para ir passar a segunda lua de mel fora durante um ano... Quando chega ao tal colégio, a Bullworth Academy, ele depara-se com inúmeros bully's (tipos maus, daqueles que batem nos mais pequenos e roubam almoços) e, passado algum tempo de indiferença, tenta parar aquilo com a ajuda de um suposto amigo, Gary. A história não é má, mas podia ser melhor. As cut-scenes, em vez de se limitarem a ser uma introdução à missão, podiam ter sido mais desenvolvidas. Os personagens estão muitíssimo bem feitos e são muito caricatas. As missões são muito divertidas e variadas, vão desde tirar cuecas do professor do dormitório das raparigas a bater em alunos que batem nos mais fracos e passam por corridas tanto de bicicleta, como de kart.

Os Gráficos

Os gráficos são muito bons, os espaços são amplos, detalhados, bem desenhados e coloridos. A jogabilidade, como já referi nas missões, é boa e variada. Tem um defeito significativo que é a câmara. Apesar de ser boa, incomoda nos karts e nas bicicletas quando se vira muito e quando se corre fica descontrolada. É uma pena. Outra coisa que podia ser melhorado: o armário da roupa. Apesar de ser bem melhor que o de San Andreas, porque os loadings são mais pequenos, podia ter uma simples, mas útil inovação. Ou deixáva-nos deitar fora roupa ou deixava-nos escolher vários conjuntos de roupa preferidos. Isto porque quem gosta de andar a escolher roupa tem de passar por muita que já não usa, que lhe ofereceram, etc... Nada que afecte muito a experiência de jogo.

O Áudio

O factor áudio é médio. Os sons e efeitos são regulares, mas isso é compensado pelos óptimos diálogos. Bully é um jogo que demora algum tempo a chegar ao fim, digamos que é médio, mas ainda pode ser maior se fizermos todas as missões laterais.
Em suma, Bully é um bom jogo que aconselho a todos. Agora podia ser melhor, quer por pequenos detalhes, quer por mais ambição.

   
© 2017 Terceiro Milênio Informática ® Bully e-ERP - Terceiro Milênio Informática